Saiba qual é a documentação necessária para embarcar num cruzeiro

Criado em

19/02/2013

por

Anexado em: Cruzeiros, Dicas de Viagem

Muitas pessoas desistem do sonho de fazer um cruzeiro porque acham que é caro (mas quem clicar aqui vai mudar de ideia rápido), por falta de coragem (este post pode ajudar a tirar seu medo e algumas dúvidas) ou porque acham muito burocrático e que será necessário emitir uma porção de documentos para poder embarcar. Mas não tem nada disso. Fazer um cruzeiro só é difícil para os projetistas de navio.

 

Para acabar com esse último empecilho, o Blog HU preparou esse post que vai esclarecer todas as dúvidas que surgem a respeito de documentos  necessários para iniciar a tão aguardada viagem pelos mares.

 

Cruzeiro entrada

Embarque sem dor de cabeça

 

Além dos documentos que citaremos a seguir, vale lembrar que é imprescindível estar com o voucher do Hotel Urbano em mãos no momento do embarque.

 

 

Banner de cruzeiros Hotel Urbano

 

Documentação para brasileiros:
Hóspedes brasileiros deverão embarcar com passaporte (válido por no mínimo seis meses), desde que esteja em bom estado de conservação. Quanto à necessidade de visto, o hóspede deve entrar em contato com o consulado do países a serem visitados para esclarecer a questão.

 

Documentação para estrangeiros:
Hóspedes estrangeiros residentes no Brasil, deverão embarcar com um dos seguintes documentos originais: passaporte válido (mínimo de 6 meses) juntamente com o RNE válido (Registro Nacional de Estrangeiros). Hóspedes estrangeiros não residentes no Brasil deverão embarcar com passaporte válido (mínimo de 6 meses) e tarjeta de entrada no Brasil carimbada pela imigração do aeroporto. Quanto à necessidade de visto, o hóspede deve procurar diretamente o Consulado Brasileiro no seu país de origem ou entrar em contato com órgãos do Itamaraty no Rio de Janeiro (21 2263-1462/3633) ou em São Paulo (11 3823-4699).

 

Não é permitido o embarque de pessoas portando cópia de documentos, mesmo que autenticados.

 

Moeda a bordo

 

Cruzeiros no Caribe, na América do Norte, na América do Sul, no Sul da África e Travessias Atlânticas partindo para a Europa adotam o Dólar Americano (US$) como moeda. Já os cruzeiros no Mediterrâneo, no Norte da Europa, no Golfo Árabe e Travessias Atlânticas partindo da Europa costumam aceitar somente Euro (€).

 

Cheques e cartões de débitos não são aceitos nos cruzeiros. Para fazer compras no cruzeiro você precisará de dinheiro em espécie, de cartão de crédito internacional ou do cartão interno do navio, adquirido no ato do check-in.

 

Caso o hóspede não possua o cartão de crédito internacional, terá que fazer um depósito de garantia no valor previamente estipulado pela empresa. Se durante o cruzeiro, o valor for ultrapassado, será solicitado ao hóspede um novo depósito para saldar a conta e aumentar o crédito. O valor não utilizado é devolvido no fim do cruzeiro.

 

 

 

Viagens para menores de 18 anos

Crianças entrada navio

Fique atento à documentação da criança. Opte por guardar tudo junto, num local que você possa carregar nas mãos.

 

Para viagens dentro do território brasileiro:
Os que estiverem acompanhados dos pais precisam apenas estar com um dos documentos: passaporte (mínimo de 6 meses), RG ou Certidão de Nascimento original. Já os menores de 18 anos desacompanhados dos pais ou responsável legal deverão apresentar obrigatoriamente autorização por escrito do pai e/ou da mãe com firma reconhecida em cartório.

 

Para viagens internacionais (Mercosul, Mediterrâneo, Norte da Europa, Caribe, América do Norte, Sul da África, Golfo Árabe e Travessias Atlânticas):
Documentos originais: passaporte válido (mínimo de 6 meses) ou R.G. (para os países do Mercosul, só R.G. basta). Sugerimos que os documentos estejam em bom estado de conservação. Fique atento! Não é permitido embarque de pessoas (mesmo bebê) portando apenas Certidão de Nascimento.

 

Menores desacompanhados durante viagens internacionais deverão obedecer aos procedimentos abaixo:
– Crianças desacompanhadas dos pais e em companhia de terceiros como responsáveis legais devem apresentar a autorização de ambos os genitores, com firma reconhecida em cartório, e em duas vias.
– Viajando com apenas um dos genitores: devem apresentar a autorização do genitor ausente, com firma reconhecida em cartório, e em duas vias;
– Em caso de falecimento de um dos genitores: devem apresentar o Atestado de Óbito original.

 

 

Lembretes:

– Menores de idade viajando apenas com o novo passaporte (modelo azul), acompanhados ou não dos pais, também deverão apresentar no embarque o R.G. ou Certidão de Nascimento original. Isso é necessário para comprovar a paternidade, pois o novo passaporte azul não registra a filiação do viajante.
– O embarque de hóspedes portando cópia de documentos, mesmo que autenticados, não é permitido.
– Não será aceito embarque com boletim de ocorrência em caso de extravio ou roubo de documentos.
– Sugerimos que os responsáveis por menores com menos de um ano de idade submetam o bebê à consulta médica para atestar as condições de saúde para realizar o cruzeiro. É aconselhável levar o atestado para, casa seja solicitado, apresentação no momento do check-in.

 

 

Outras dicas:

 

Embarque – Com quatro horas de antecedência do horário de partida, o embarque dos viajantes já é permitido. O horário estabelecido estará no voucher para embarque. Membros do staff da armadora estarão disponíveis para ajudar.

 

Desembarque – Na noite anterior ao desembarque do passageiro é solicitado que o viajante deixe a bagagem lacrada na porta da cabine. O viajante também deverá acertar a conta a bordo, caso haja alguma despesa extra.

 

Gorjetas – Existem dois tipos de gorjetas. A gorjeta de tripulação, destinada a funcionários do cruzeiro como garçons, cumim, camareira, etc. Em cruzeiros nacionais, o valor desta gorjeta está incluso no montante pago antes do embarque. O custo médio é de 10 dólares a diária por pessoa. Em cruzeiros internacionais, este valor pago no momento do check-out.

 

Já o outro tipo de gorjeta está designada aos serviços prestados aos funcionários locais como bares externos e cassinos. Exemplificando, se você estiver na piscina e pedir um refrigerante, pagará 15% de gorjeta (sobre o valor da bebida) para a pessoa que te atendeu. No entanto, este valor não vale para os serviços de restaurante, que se enquadram na gorjeta de tripulação, paga anteriormente.

 

Bagagem – É importante que a bagagem esteja devidamente etiquetada com nome, endereço e número da cabine. As malas ficam no porto e o carregador as levará diretamente para a cabine. É recomendável levar objetos de valor na bagagem de mão.

 

Festas – Nos cruzeiros de 3 a 4 noites há a Festa do Comandante (traje formal) ou a La Noche Blanca (traje: peças de roupas brancas).
Em cruzeiros de 6 ou mais noites, além da Festa do Comandante, acontece a Festa Tropical (traje: estampas floridas, alegres) e/ou a La Noche Blanca; e mais uma festa temática (dependendo da data de embarque).

 

Atendimento médico – Os serviços médicos a bordo não são inclusos no valor do pacote. Se achar necessário, o passageiro poderá adquirir um seguro viagem antes do embarque. É imprescindível ao viajante levar toda a medicação que possa necessitar.

#
#

Receba grátis por e-mail ofertas especiais com até 90% de desconto!

HU Compartilha

Top Blog HU

Leia Também

Voltar ao topo